O NOVO GDF: RODAS DE CONVERSAS E CORTINAS DE FUMAÇA.

sexta-feira, 8 de maio de 2015 0 comentários
O governo de Rodrigo Rollemberg, o tal, Governo de Brasília (GB), (já viu falar?) continua produzindo manchetes para jornais em cima de possíveis irregularidade no,  à época, Governo do Distrito Federal-GDF.
Desde que foi eleito, e lá se vão sete meses,  Rodrigo Rollemberg e sua “equipe” capitaneada pelo secretário-mor, Hélio Doylle, tem buscado obsessivamente erros do governo anterior. Não se faz ou se fala outra coisa que se não do “rombo” até agora falado, mas não provado da gestão anterior.
O novo governo, que não se sabe quando irá estrear, repassou, segundo o deputado Chico Vigilante, informações falsas ao Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT) onde move uma ação de improbidade contra o ex-governador Agnelo Queiroz e seu vice, Tadeu Fillipelli, em função dos reajustes salariais concedidos a diversas carreiras de servidores do GDF.
É lamentável que um governador eleito sob o manto da esperança do eleitor para prover mudanças e tornar realidade a expectativa do povo, de dias melhores, se transforme, ou simplesmente se forme, ou nem isso, apenas se mostre como um “grupo desarticulado”, que tem como líderes,  um governador que não acredita que foi eleito e por isso ainda não desceu do palanque para assumir o cargo que disputou e venceu, um grão-secretário-mor, centralizador e (ainda?) um vice-governador que não se sabe qual a sua  real função, além de, reserva de luxo, de administradores regionais.
Enquanto o empresariado local se contorce e a população espera o início do governo, os integrantes do novo time  continuam sua sanha em descobrir os equívocos do governo Agnelo/Fillipelli, e levá-los  às manchetes da grande mídia local e assim,  confundir o povo.

Blog do Ataíde.

0 comentários :

Postar um comentário