DENGUE! SINAL DE ALERTA NO DF FAZ GOVERNO MONTAR TENDAS DE HIDRATAÇAÕ PARA POPULAÇÃO EM RISCO: POLÍTICOS LIGADOS A ÁREA DA SAÚDE TENTAM FATURAR EM CIMA!

terça-feira, 28 de maio de 2019 0 comentários
Um quadro desesperador mais de 16 mil diagnósticos de Dengue no DF, faz Governo local tomar medidas de urgência!
Após as denúncias na imprensa do DF, que mostraram a situação miserável dos aparelhos e produção dos químicos necessários a seu funcionamento, e ainda não tendo voltado a funcionar mesmo após algumas reformas na área onde era produzido em Taguatinga, o "fumacê" ainda espera por documentação que o habilite a entrar de novo em ação no combate ao mosquito.

Desde o último sábado (25), seis regiões do Distrito Federal receberam tendas com atendimento hospitalar para tratar pessoas com sintomas da dengue. 

As regiões contempladas com a ação do GDF foram Varjão, Candangolândia, Itapoã, Planaltina, Estrutural e Sobradinho II. Estas regiões foram escolhidas por apresentarem o maior número de casos. Em Samambaia fioi montada uma na porta do HRSAM. 
E como era de se  esperar tem políticos ligados a área da Saude tentando faturar em cima como se não bastasse o desespero da população, eles tem tentado ganhar  visibilidade como se fosse de sua iniciativa a instalação das tendas próximas a hospítais e postos da rede pública.
De acordo com a Secretária de Saúde, no primeiro dia de trabalho a força-tarefa atendeu 195 pacientes. No último domingo (26), o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, informou ao governador em exercício, Paco Brito, que, na próxima terça-feira (28), serão abertas outras duas tendas: uma na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ceilândia e outra em São Sebastião.
O trabalho é feito por médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Eles oferecem hidratação oral e venosa, além do teste rápido para a dengue, nos casos em que o exame clínico não é suficiente para confirmar a doença. 
Segundo o GDF, cada estrutura tem capacidade para atender, em média, 100 pacientes por dia. As equipes fazem o acolhimento e a avaliação clínica desafogando os hospitais e atendendo às necessidades da população. 
Os casos considerados mais graves são encaminhados para os hospitais. Três ambulâncias foram disponibilizadas para o transporte.
O serviço estará disponível durante três semanas, de domingo a domingo, das 7h às 19h.
Conforme a secretaria, moradores do DF que apresentarem os sintomas da dengue devem procurar a tenda mais próxima. Não havendo uma na região, o local mais adequado para a assistência é a unidade básica de saúde. 

Ascom-GDF

MAIS SOBRE O  MOSQUITO DA DENGUE




0 comentários :

Postar um comentário