DELEGADO EXONERADO DIZ QUE SÓ FALOU A VERDADE.

terça-feira, 16 de maio de 2017 0 comentários

'Só falei verdades', diz delegado exonerado após dizer que mães têm culpa por abuso infantil

Júlia Cople - O Globo

RIO — Exonerado nesta segunda-feira depois de sugerir que crianças são abusadas sexualmente dentro de casa porque as mães delas fazem um "rodízio de padrastos", o delegado Miguel Lucena garante que não se arrepende do que disse.
Lucena era diretor de comunicação da Polícia Civil no Distrito Federal (DF). Ao passar informações a jornalistas, num grupo de Whatsapp, sobre o caso de uma menina de 11 anos abusada pelo companheiro da mãe, o delegado disse que "as crianças estão pagando muito caro por esse rodízio de padrastos em casa". Ele foi logo criticado pela maioria dos profissionais no grupo, que o questionaram dizendo que a culpa pelo estupro é sempre e exclusivamente do estuprador.
Em entrevista nesta terça-feira, o delegado, exonerado após a divulgação de suas observações, explicou que foi surpreendido pela repercussão. No seu entender, o grupo no aplicativo era "fechado e informal". Ele reforçou sua visão, mas disse que não está tentando transferir a culpa do estupro para as mães das crianças abusadas.
— As crianças são vítimas da fragilidade das relações que se estabeleceram hoje. Muitas mulheres levam para casa o primeiro homem que encontram no bar. A criança conhece três, quatro padrastos no mesmo ano. Não está correto. Não me arrependo. Só falei verdades que ocorrem principalmente nas áreas mais pobres — reforçou Lucena.


http://extra.globo.com/noticias/brasil 

0 comentários :

Postar um comentário