Criança de 13 anos se mata enforcada com cabo de internet em Samambaia Sul

terça-feira, 15 de maio de 2012 2 comentários
CRIANÇA DE 13 ANOS MORRE ENFORCADA COM UM FIO DE CONEXÃO DE INTERNET  EM SAMAMBAIA































Tragédia lastimável!


No inicio da tarde dessa terça-feira a avó e a tia de um menor de 13 anos, tiveram um choque ao chegar da rua e entrar no quarto do garoto.
Ele tinha acabado de se enforcar com fio, ou cabo de conexão de internet, pendurado em um cabo da casa, na QR 123  em Samambaia Sul.
Os policiais da 32 DP foram ao local, e estão guardando o corpo do menor até a chegada do IML e da perícia para os encaminhamentos de praxe.
De acordo com amigos do menor, ele gostava muito de computador, não tinha problemas na  escola, e era um filho excelente, estudioso e carinhosos com os pais.
Ainda segundo alguns amigos igualmente menores, ele teria pesquisado há dias atrás na internet para buscar informações sobre suicídio, mas de acordo com uma tia, o mesmo não demonstrava nenhum sinal de depressão ou angústia, tendo uma rotina normal  como qualquer criança de  sua faixa etária.

A criança, segundo informou a tia,  se matou com um cabo desses comuns de internet.







































































2 comentários :

  • Anônimo disse...

    Se colocou isso só para ter notícia no blog, meus parabéns! Esse tipo de caso não deveria ser informado, pois desencadeia outros semelhantes.
    Além disso, espero que a família do MENOR tenha autorizado a divulgação do endereço completo.
    Reflita sobre sua atuação, autor.

  • Brasília, Brasil e o mundo sem retoques! disse...

    AO LEITOR ANÔNIMO:Em nenhum momento pensamos em divulgar o fato querendo sensacionalismo, mas sim, jornalisticamente, e com as cores do drama a nós passadas, pela tia da vítima. Se houve uma intenção foi exatamente o contrário que o prezado "anônimo"insinua, isto é quisemos prevenir, mostrar um erro já que centenas de crianças tem acesso diário a esse tipo de informação e outras piores na internet e que hoje não pode mais ser vigiada enquanto os pais trabalham, o que aconteceu no caso do menor, que aliás, vimos crescer e estudar na mesma escola que nossos filhos.
    Acreditamos sim, que o que faz acontecer fatos como esses em muitos casos é a falta de tempo vigilância de pais que por trabalharem fora, tem pouco ou nenhum acesso ao que os filhos fazem tendo acesso a informações as piores possíveis sobre todo tipo de assunto. Esperamos que o fato sirva como alerta à sociedade, sobre os limites que devem ser impostos aos filhos, pelos menos quanto a internet, já que a culpa não foi como em outros casos se faz crer, da imprensa. Grato pelo seu comentário, que nos ajuda a melhorar.

Postar um comentário