CHIQUE DEMAIS! GOVERNADOR DO DF GASTA 6.500 REAIS POR HORA DE HELICÓPTERO PARA CERIMONIA DE ENTREGA DE LIXÃO A COMUNIDADE QUE NÃO QUERIA.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017 0 comentários
BRASÍLIA NO CAOS, GENTE MORRENDO POR FALTA DE REMÉDIOS E O GOVERNADOR DA SINISTRA E FATÍDICA GERAÇÃO BRASÍLIA TORRANDO R$6.500,00 POR HORA PARA INAUGURAR O LIXÃO EM SAMAMBAIA!
A mesma cidade que ele desprezou, sem obras, encheu de mentiras em suas "RODAS DE BALELA", nomeou estrangeiros para administrar que nunca tiveram nada a ver com a cidade, a mando de paraquedistas, que só vão lá atrás de votos!
Tá podendo hein Governador?
Lixão caro!
Rollemberg utiliza helicóptero com gasto de 6,5 mil por hora de voo para inaugurar o Lixão em Samambaia.
O transporte escolhido pelo
governador Rodrigo Rollemberg (PSB) para chegar à solenidade de inauguração do Aterro Sanitário de Samambaia, nesta terça-feira (17/1), surpreendeu. Com o discurso de economia, de que não há dinheiro para pagar reajuste aos servidores, contratos com fornecedores nem o subsídio do passe livre do transporte público, o socialista não poupou e foi de helicóptero até o local, próximo à DF-180.
O Metrópoles fez uma pesquisa no mercado e levantou que, se fosse alugar um helicóptero para fazer o trajeto, o governador teria que desembolsar R$ 6,5 mil por uma hora de voo. O preço, neste caso, inclui a aeronave, o piloto, combustível, manutenção, seguro e o lucro da empresa. Não é o caso dele, já que o número um do GDF tem um aparelho à sua disposição.
Se fosse desembolsar apenas o combustível, gastaria cerca de R$ 190 para ir e voltar. O valor varia de acordo com o modelo do helicóptero e as condições de voo, mas serve como base. Bem acima da passagem de ônibus reajustada no início do mês, de R$ 5. De carro oficial, o custo ficaria na faixa de R$ 23.
Para não chamar muito a atenção, a aeronave de Rollemberg pousou em uma área de mata, um pouco mais distante do local do evento. O governador desembarcou e foi levado de caminhonete para onde o público estava.
Rollemberg chegou no aterro por volta das 9h40 e saiu pouco antes das 12h. Quando foi embora, também saiu da solenidade de carro, mas deixou a cidade no helicóptero oficial.
A reportagem procurou o Governo do Distrito Federal para saber o motivo de o governador ter optado pela aeronave e não por um carro. A equipe de segurança do governador disse que “optou pelo uso da aeronave devido à distância do local e a falta de previsão para o término do evento.”
A agenda do chefe do Executivo local não registrou nenhum outro evento público em seguida, que pudesse justificar maior rapidez no deslocamento. No contrafluxo do trânsito, que pela manhã vem no sentido Samambaia/Plano Piloto, o governador também não enfrentaria problemas de congestionamento. Além disso, é época de férias e menos carros circulam pelas vias do DF.
Fonte: Metrópoles.com

0 comentários :

Postar um comentário