CLDF E AS ESTRANHAS NOMEAÇÕES NA DIREÇÃO DE SUA PUBLICIDADE SOB OS AUSPÍCIOS DA TURMA DO VALERIODUTO

quarta-feira, 25 de março de 2015 0 comentários
LIGAÇÕES PERIGOSAS NA PUBLICIDADE DA CÂMARA LEGISLATIVA
Quem poderá explicar isto aos eleitores e contribuintes do DF? Deve ser por isto que as mídias alternativas nunca tem oportunidade na CLDF e tem tantas exigências a cumprir se quiser receber um simples e rotineiro anúncio!

O novo coordenador de comunicação da Câmara Legislativa é Orlando Rangel Campos.
Orlando Campos é irmão de Sidney Campos, cujo nome aparece em transações suspeitas envolvendo contratos de publicidade com a Câmara Legislativa. Os contratos teriam sido capitaneados por Marcos Valério – o homem bomba do mensalão do PT -, vigorado na Casa entre 2003 e 2008 e gerado prejuízo da ordem de 4 milhões de reais, segundo apurou o Ministério Público de Contas junto ao Tribunal de Contas do DF (TCDF). Uma reportagem publicada em agosto de 2012 pela Revista Isto É detalha a suposta ligação da empresa de Sidney com a SMP&B de Marcos Valério (leia abaixo).

A indicação de Orlando Campos, irmão de Sidney, para lidar com a publicidade na Câmara Legislativa é do distrital Rodrigo Delmasso (PTN). Segundo disse ao GRANDE ANGULAR, o distrital sugeriu uma lista com quatro nomes para a Mesa Diretora, que elegeu Orlando para o cargo. “Conheço a família há muito tempo, mas, em nome de Jesus, eu não sabia dessa ligação dele com essas questões do passado. Se eu soubesse, não teria…, bem, você sabe”.
Segundo Delmasso, o primeiro nome de sua lista era o do publicitário Sérgio Flores, diretor de marketing da Embratur. “Ele só não foi o escolhido, porque sua vinda implicaria em muitas despesas para a Câmara”, disse o deputado.

Leia trecho inicial da reportagem da Isto É:
http://vejabrasilia.abril.com.br/blogs/grande-angular/files/2015/02/velerioduto-1.png



0 comentários :

Postar um comentário