BANDIDOS INVADEM SAUNA GAY E BOTAM TODO MUNDO PRA CORRER SÓ DE CUECAS NA AVENIDA W-3 SUL.

quinta-feira, 26 de março de 2015 1 comentários
BANDIDOS INVADEM SAUNA GAY E BOTAM TODO MUNDO  PRA CORRER SÓ DE CUECAS AVENIDA W-3 SUL.
 Parecia uma cena do filme “O Homem Nu” protagonizado pelo recentemente falecido e grande autor Cláudio Marzo; Homens, veados e travestis, e toda fauna gay presente na ocasião, levaram um calor danado de 6 vagabundos armados, que invadiram uma sauna gay na W-Sul!
Houve até abuso sexual, entre os muitos frequentadores, alguns morrendo de medo de serem filmados ou fotografados quando a polícia chegou e, graças a um telefonema de um “casal” que se esconde numa das cabines, e deu o providencial telefonema.


Na correria os frequentadores saíram de toalhas ou até mesmo só de cuecas num espetáculo cômico e hilário, correndo em meio ao movimento  de pessoas e veículos da Avenida W-3Sul, que parece viver um sem fim incontrolável por parte de todos os governos que por aqui passam, no tocante ao problema da utilização imprópria de suas residências, para todo tipo de comércio como hotéis, pensões, quartinhos alugados para garotas de programas, clínicas de todo tipo, algumas pouco recomendáveis, e uma miscelânea de atividades que não cabem nos espaços que deveriam ser utilizados formalmente desde o início da cidade, apenas para residências.
O Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e a Polícia Militar, que, inclusive, contou com o helicóptero da corporação para encontrar os assaltantes no telhado do estabelecimento, chegaram e resolveram o problema prontamente prendendo os seis marginais alguns deles ainda de cuecas!
Já o Departamento de Trânsito do DF (Detran) fechou a W3 Sul, nos dois sentidos, mas liberou a via por volta das 23h.
Segundo o aspirante da PM, Guilherme Fonseca, os criminosos, que aparentemente portavam quatro armas, chegaram a assaltar o caixa da sauna. “Todas as pistolas já estão na delegacia, os dois carros utilizados na ação também foram guinchados. Em nenhum momento os assaltantes tentaram resistir. Alguns clientes levaram coronhadas na cabeça”, afirmou Fonseca.
Fotografia-Jornal de Brasília.

1 comentários :

  • W맣ëy disse...

    Nenhum cristão deveria classificar um crime como um "espetáculo cômico e hilário" e muito menos inferiorizar seus iguais por conta da orientação ou conduta sexual. Melhore!

Postar um comentário