QUER SAIR DO VERMELHO?VEJA ESSAS DICAS

quarta-feira, 21 de novembro de 2012 0 comentários




Está no vermelho e não sabe o que fazer para voltar ter a vida financeira toda “azulzinha”?
Nem sempre é fácil pagar todas as nossas contas e ter uma vida financeira controlada. Para isso precisa-se de muita organização, controle com gastos e dedicação a vida profissional, para se ter uma renda que possa sanar todas as tuas dívidas. Entretanto,  para as pessoas que não tem tanta organização assim, nada melhor do que seguir algumas dicas básicas para conseguir sair do vermelho.
dica mais importante é: cortar gastos supérfluos, conseguir controlar as despesas, que não farão falta, para poder sair do vermelho.
Controlar os gastos é a dica número um. O grande passo para iniciar o processo de alavancagem financeira é conseguir abrir mão de algo que se deseja muito para poder equilibrar o financeiro e guardar dinheiro para possíveis emergências, mostrando assim controle sobre os impulsos e dinheiro.
Outro passo para  controlar as dívidas, é listar as mesmas, fazer uma planilha, colocar todos as dívidas pendentes, para uma melhor análise das mais urgentes.

Contas de água, energia e gás,  são as mais importantes, pois são de fatores essenciais para uma sobrevivência mais confortável. Após essas contas, banco, cartões de crédito, cheque especial e empréstimos,  são os que mais cobram taxas e juros quando não são pagos. Ir ao banco e conversar com o gerente, para cancelamento de cartões e cheque especial e parcelamento da dívida, em prestações pequenas que possam ser honradas fielmente, é a melhor solução.  Não comprometa mais de 20% do salário com o pagamento de dívidas antigas, pois contas novas chegam mensalmente.
Hoje em dia existem programas gratuitos de controle de finanças, excelente para as pessoas que não conseguem fazer sozinhas ou são desorganizadas. Para poder baixar gratuitamenteprograma de controle financeiro acesse http://ultradownloads.uol.com.br/.
As compras feitas por impulso devem ser cortadas. Até o controle total do dinheiro e o pagamento das contas antigas, quanto menos tiver para pagar melhor é e mais dinheiro você terá para se alavancar.
Se mesmo com essas dicas você não conseguir controlar e sair do vermelho, procurar a orientação de um profissional, consultor financeiro, é uma boa opção.
E APRENDA A SE ORGANIZAR;

Anote tudo que gasta
Se você costuma comprar por compulsão, o ato de anotar pode ajudar a perceber onde está falhando, o que pode cortar e como se controlar ao ver aquela promoção, mas de um produto que você não precisa.
Avalie as despesas
Seja crítica quanto aos seus gastos, saiba pechinchar e avaliar se aquele produto vale a pena ser comprado pelo preço que é vendido. Além disso, avalie as suas necessidades, compre o que você realmente precisa e vai usar!
Gaste menos do que ganha
O cartão de crédito acaba dando margem às compras desnecessárias, caso não consiga se organizar, o melhor é abandonar o cartão, porém você pode utilizá-lo desde que tenha controle sobre o valor gasto todo mês, que não deve ultrapassar o valor do seu salário.
Tenha metas a longo prazo
É mais fácil manter o porquinho cheio quando se tem metas como uma viagem ao exterior, uma roupa bem cara que é seu sonho de consumo ou qualquer objeto pessoal que ainda não caiba no orçamento mensal. Por isso, sempre renove seus planos com objetivos concretos e possíveis de serem atingidos, isso vai estimular você a poupar.
Responsabilidade financeira
Seja disciplinado com seu dinheiro e tudo que o envolve, por exemplo, pague as contas do mês antes de fazer novas despesas, gaste apenas o que sobrou e pode ser destinado a despesas pessoais, tenha disciplina para poupar e com certeza terá sucesso financeiro.

Tenha uma planilha
Seja organizado com suas contas, seja organizado para documentar o que gasta, com o que gasta, as despesas futuras e o saldo, assim você pode literalmente ver para onde seu dinheiro está indo e consultar a qualquer hora como está seu saldo.


0 comentários :

Postar um comentário