CONHEÇA O ESTADIO NACIONAL MANÉ GARRINCHA.

domingo, 7 de outubro de 2012 0 comentários
Arquibancadas do Estádio Nacional de Brasília foram concluídas. 
Foto: Pedro Ventura

A última etapa de construção da arquibancada superior do estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha que teve início em maio foi concluída no último em 22,09.12 O setor comportará um público de 39.050, o que representa mais da metade da capacidade total da arena que é de 71 mil lugares, ao todo, foram usadas 1.604 peças de concreto para construir o setor. A entrega do estádio está prevista para dezembro deste ano.(Ficou para 18 de Maio de 2013)


Usar a água da chuva para irrigar o gramado e a energia solar para alimentar os refletores de iluminação: estas são algumas das práticas sustentáveis que vão ser usadas nos estádios da Copa de 2014. O conceito de desenvolvimento sustentável também está em outras obras do evento, como as de mobilidade urbana. O tema foi tratado no programa “A voz do Brasil” desta quarta-feira (12.09).
Nas 12 cidades brasileiras que vão sediar a Copa do Mundo de 2014 avançam as obras dos estádios onde as partidas vão ser realizadas. Estas ações de desenvolvimento, com respeito ao meio ambiente e à sociedade, são tema do Seminário Copa 2014: Oportunidades para a Sustentabilidade Urbana, em Brasília.
De acordo com o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, a intenção do governo federal é que a sustentabilidade ultrapasse as fronteiras dos estádios e ganhe as ruas das cidades. “Isso vai beneficiar a população de todas as capitais que sediarão a Copa do Mundo: mobilidade urbana, mobilidade no caso do transporte aéreo, nos aeroportos, portos, trens, metrô”, disse.
Um dos exemplos citados no seminário foi o das obras do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. Depois de pronto, um reservatório vai guardar água da chuva, que pode ser usada para irrigar o campo e fazer a limpeza geral do espaço, com capacidade para 72 mil lugares. A arena ecológica ainda vai ter estrutura para captar energia solar e ser autossustentável, com a geração de 2,5 megawatts, energia suficiente para abastecer mil residências por dia.
COMPARE COM OS OUTROS MAIORES ESTÁDIOS DO BRASIL:



Mascote oficial da Copa do Mundo no Brasil.

“O estádio tem uma preocupação de sustentabilidade a partir do seu projeto. Os requisitos necessários para se exercer isso sem impacto no meio ambiente foram pensados de forma a integrar-se com a obra”, disse Cláudio Monteiro, secretário extraordinário para a Copa de Brasília.
O projeto do Estádio Nacional de Brasília  pode receber o certificado máximo de sustentabilidade, o selo Leed Platinum. Hoje, nenhum estádio de futebol no mundo possui o selo.
E o GDF aceitou as ponderações no sentido de manter o estádio com o nome do grande craque Mané Garrincha em homenagem ao imortal Mané.

0 comentários :

Postar um comentário