SENADO CONTINUA JOGANDO DINHEIRO FORA

quinta-feira, 26 de abril de 2012 0 comentários
"Foi um teatro"








A CCJ do Senado jogou no lixo hoje uma montanha de dinheiro ao rejeitar as propostas de reforma administrativa que poderiam acabar com o descalabro financeiro que faz com que 81 senadores tenham à disposição cerca de 6 300 servidores.
Os senadores vetaram a proposta de Benedito de Lira porque ela cortava cargos de menos na megaestrutura do Senado. Mas veja só: eles também mandaram ao limbo a proposta de Ricardo Ferraço porque ela cortava cargos demais.
Nessa brincadeira, os senadores botaram fora 500 000 reais. Justamente o dinheiro gasto pela gestão de José Sarney para que a Fundação Getúlio Vargas realizasse uma proposta de reforma. Ferraço resume a história da reforma administrativa no Senado:
– Na prática, o que houve foi um teatro. Continua tudo como dantes…
Por Lauro Jardim

0 comentários :

Postar um comentário