SAMAMBAIA TEM UM ADMINISTRADOR "INVISÍVEL" E SEGURANÇA "ZERO",MAS A BANDIDAGEM OS NÚMEROS DA VIOLÊNCIA CONTINUAM BEM A VISTA E AUMENTANDO!

segunda-feira, 30 de março de 2015 0 comentários
SAMAMBAIA, CIDADE COM MEDO!
A CIDADE GANHOU UM ADMINISTRADOR "INVISÍVEL" E TEM SEGURANÇA "ZERO"!
Mas a bandidagem e os números da violência continuam bem a vista e aumentando!
Será que também somos para o GDF, cidadãos invisíveis?
























O Administrador Regional “Invisível”, trabalha(?) aqui!



E aqui, um exemplo claro da omissão e desinteresse em atender os cidadãos, e que foi presenciado por mim na manhã desta segunda-feira, na Administração Regional de Samambaia:
Eles foram procurar informações sobre os procedimentos para  escriturar seu imóvel.
Ninguém soube dize onde estava o escritório do órgão competente(?) para formalizar a escrituração, pelo menos no que diz respeito aos funcionários da Administração Regional.
Saindo, eles encontraram um senhor que indo tratar de outros assuntos, lhes informou que o escritório do órgão, a tal Codhab, estava fechada e sem atendimento para Samambaia.
Detalhe: Ninguém da Administração soube informar o que eles deveriam fazer!

Obras incluindo na área de segurança pública não vieram; presença policial é rara.
Efetivo de menos de 700 soldados militares, já que a Polícia Civil é meramente burocrática. 
Daí então,então o que acontece?
Dezenas de assaltos aconteceram por toda a cidade neste fim de semana e os moradores veem com medo e espanto, tal mudança com o aumento dos números nem sempre os mesmo oficiais, dos assaltos a mão armada que tem acontecido em todos os lados da cidade.
Detalhe: As pessoas na maioria descrentes de ações policiais e andamentos de inquéritos, já consideram perda de tempo ir até delegacias registrar ocorrências, uma vez que os roubos e furtos envolvem valores, que no entendimento das vítimas, não valem a pena pelo valor e pela “trabalheira”, segundo disse um frentista de posto de gasolina que já foi assaltado 8 vezes só este ano, e já desistindo da profissão.
Frentista que foi assaltado 8 vezes em 2014:"Vou embora daqui"!

Deixaram a cidade nas mãos de bandidos que tem agido e atacado desde em feiras livres, portas das agências bancárias, até na cara dura, no meio da rua, fugindo em motos, bicicletas, fazendo arrastão na porta das escolas e paradas de ônibus, e agora mirando especialmente no grande número de estudantes e universitários que portando celulares modernos e caros, além de tablets e notebooks, deslocam-se dos prédios residenciais nos já lotados condomínios residenciais, em especial no Centro Urbano da cidade, para suas escolas e faculdades, ainda quase todas fora de Samambaia, o que tem feito aumentar o número de assaltos em coletivos.

 Estudantes e seus celulares, tablets e notebooks: Os mais visados pela bandidagem que levanta cedo para assaltar nas paradas de ônibus da cidade, fazendo aumentar drasticamente o número desse tipo de crime.
Mas parece que as vozes que reivindicam as melhorias para nossa cidade, estão todas elas, sendo relegados ao ostracismo, ou ao popular escanteio, já que após 3 meses de Governo Rollemberg, a não ser pífias iniciativas de roçagem, capina e o velho cansativo e inócuo tapa-buracos, que as chuvas nunca deixam ficar preenchidos, nada aconteceu e está parecendo que além de terem nos dado um administrador invisível que nunca é visto pelas ruas, parecemos também ser uma cidade invisível e de obras todas paradas, desde o início deste governo.
Será que nossos impostos valem menos para o senhor Governador e o seu “Super-vice”, que só vem a cidade em silêncio quase total, como se não se quisesse ser visto e cobrado, para reuniões com seu grupo de adeptos que mais uma vez e como estranhos no ninho, foram nomeados para comandar a vida de Samambaia e seus moradores que parecem sofrer de um complexo algo parecido com aquele de Nelson Rodrigues, o de “Vira-Latas”, já que nunca teve alguém eleito e daqui para comandá-la em sua história de 25 anos e até hoje, sem verdadeiras lideranças!
E o agora mandatário-mor da cidade, o deputado distrital Júlio César, desportista por excelência, e que dedicou grande parte de seu tempo frente a Secretaria de Esportes do ex-Governador Agnelo Queiróz, a fazer campanhas à custa dos programas de esportes do GDF patrocinados com o dinheiros dos impostos do cidadão é claro, para se eleger, além de várias nomeações questionadas pela imprensa local, como as da esposa de seu antecessor e padrinho político Evandro Garla, e a da ex-corredora Carmen de Oliveira que foi acusada de irregularidades quando a frente das obras no Parque das Vaquejadas em Ceilândia, Pipoca, ex-jogador de basquete, e que também nunca deu muita atenção aos problemas do cotidiano de Samambaia, tendo até mesmo negado obras pedidas pela comunidade via seus representantes no Orçamento Participativo, como um simples campo sintético, ele um desportista notório, parece que vai cumprir bem a cartilha de “dono político” da cidade, em cima da letra, já que tendo nomeado seu grupo, deixou bem claro, que é ele quem manda, e os assuntos mais complexos tem que se resolver no seu gabinete.
Enquanto isso, ele que nomeou o primeiro Administrador "Invisível" da cidade,  que tomando posse em silêncio, assim permanece, e nunca é visto andando, percorrendo as ruas com enormes buracos como já mostramos aqui, parece se preocupar apenas com o esporte, sua arma principal de campanha, e é visto em quase todo tipo de evento ligado aos esportes na capital federal, quiçá, até jogo de palitinhos!
É como se fôssemos uma cidade de mais de 200 mil atletas, que não precisam de nada mais do que esportes.
Residências arrombadas, carros tomados de sequestro relâmpago, e pedestres em locais ermos e sem iluminação pública, indo para sua casa ou para o trabalho, e que foram aliciados de seus pertences, por bandidos que já sentiram a fragilidade da presença policial pela cidade!
Coisas que a Agefis não vê, não se sabe por que: Estas lojas  do administrador regional invadem tranquilamente as calçadas da cidade, incomodando os transeuntes, mas sem serem incomodadas pela Agefis, cuja diretora, adora uma exposição na mídia, quando o assunto é loteamento irregular!
E a cidade? Quando vai ser convocada com suas verdadeiras lideranças, para participar deste governo propondo soluções, como o reinício das nossas obras que estão paradas desde o fim do execrável Governo do Mau Caminho, que ao que parece, ameaça se repetir?






















Obras paradas "ad infinitum"!
Lutamos pelo Complexo Cultural, pelos terminais de ônibus, e pela segurança da cidade pedindo as obras, como companhia de polícia militar, viaturas e mais efetivos, mas não estamos atendidos em 3 meses de governo.
Sem segurança, sem higiene, sem abrigo para chuvas, e sem iluminação adequada;assim trabalham motoristas e cobradores que foram  deixadas ali provisoriamente desde o início da cidade!


Será que aos olhos do GDF, nós os cidadãos também ficamos invisíveis?
Karlão-Sam.
ATUALIZAÇÃO: 

Postei esta matéria  ontem, 30 de Março a tarde; hoje, 31, as 11 da manhã, meu filho mais velho foi assaltado pela terceira vez ao lado da Escola 123, onde em plena luz do dia; os vagabundos armados, lhe tomaram o que ele tinha em mãos e se evadiram em bicicletas.
Aqui neste local:






















Eu disse, pela terceira vez em um ano!

Calçadão ao lado do CED 123: Um dos locais de Samambaia, ao lado da QR 125, onde quase nunca se vê presença policial, e que guarda seguramente um dos maios números de assaltos a pedestres de toda a cidade Samambaia.
Registrar ocorrência? Para que?
Dizem, e eu já ouvi em muitas reuniões dos tais "Conselhos disso e daquilo" regados a rapapés, biscoitinhos e refrigerantes de 1,99, e elogios às "otoridades", há tanto tempo, que os números de ocorrencias ajudam a definir as estratégias de distribuição do policiamento para as quadras da cidade. Desculpem-me mas não acredito, pois já ouvi isto de pelos oito comandantes do policiamento local, desde 2009!



Karlâo-Sam.

0 comentários :

Postar um comentário