Mobilização ou "imobilização" nacional, enquanto nos roubam milhões!

sexta-feira, 30 de junho de 2017 0 comentários

O que é uma mobilização nacional? É reunir uma dezenas de sindicalistas e dirigentes partidários, e resolver em mão única, de forma unilateral, paralisar milhões de pessoas, que correm atrás da sobrevivência, as vezes em situação critica de não ter alimentação para suas famílias, como os milhões de desempregados no Brasil, entre eles, os quase trezentos mil de Brasília, paralisando transportes, impedindo e atrapalhando trânsito e comércio e serviços?
Ora, já é sabido que este Governo está caindo de podre por si mesmo e não necessita ser empurrado para o buraco. Então o que se vê, é uma "imobilização" forçada com fins meramente políticos, por aqueles que perdendo os privilégios cínicos que não aceitam perder, querem paralisar o país, a vida das pessoas sob a desculpa de combater as perdas causadas pelas reformas. Não vai vingar!
O brasileiro especialmente depois das redes sociais, já aprendeu a se desvencilhar dos velhos truques de manipulação ideológicos e tocar sua vida, esperando dar a resposta nas urnas, cansado de ser usado como massa de manobra, tanto da direita, quanto da esquerda.
Os velhos métodos não funcionam mais, e as ruas podem crer, estão e ficarão vazias. Para desespero dos velhos e ultrapassados manipuladores ideológicos e sindicalistas picaretas enriquecidos por meio do dinheiro público.
Vai ser fracasso geral de norte a sul, mais esta tentativa de imobilizar e engessar a vida de nós, os verdadeiros trabalhadores e cidadãos, cujas únicas bandeiras, são a família e a sobrevivência diária em meio a tanta roubalheira e hipocrisia!
Eu falei em mamar nos cofres públicos? Falei em tetas? Dá pra entender por que eles não querem deixar nunca é o poder, ou os Governos e seus milhares de cargos todos custeados por nós?
Vejam este absurdo!

PRIMEIRO
O PT de Lula e Dilma, mesmo em desgraça, foi o partido que mais recebeu verbas do Fundo Partidário em 2017: R$ 42,07 milhões.

FUNDO PARTIDÁRIO VAI PAGAR R$ 1,2 BILHÃO EM 2017
Com pagamentos a partidos políticos de quase R$48 milhões apenas no mês de junho, o Fundo Partidário atingiu a marca de R$609 milhões nessa farra até 28 de junho. A expectativa é que o total distribuído aos partidos, em 2017, supere R$1,2 bilhão até o fim deste ano. Será o maior valor da História subtraído do bolso do contribuinte para entregar a partidos políticos durante um ano em que nem sequer haverá eleição.

SEGUNDO
O PSDB de Aécio Neves e Geraldo Alckmin recebeu R$ 34,7 milhões do Fundo Partidário. Quem vive de alugar jatinhos ficou feliz
TERCEIRO
O PMDB levou R$ 33,8 milhões até junho. Na lanterninha o Podemos, ex-PTN, nos tomou R$515 mil e o Solidariedade R$452 mil.

Abre o olho brasileirada!

0 comentários :

Postar um comentário